Bicicleta de Montanha

Centro Cyclin' Portugal - Aldeias do Xisto de Oliveira do Hospital: P1 – Verde

Bicicleta de Montanha · Portugal
LogoAldeias do Xisto
Responsável por este conteúdo:
Aldeias do Xisto Parceiro verificado  Escolha dos Exploradores 
  • Centro Cyclin' Portugal - Aldeias do Xisto de Oliveira do Hospital
    / Centro Cyclin' Portugal - Aldeias do Xisto de Oliveira do Hospital
    Foto: Paulo Coelho, Aldeias do Xisto
  • / Centro Cyclin' Portugal - Aldeias do Xisto de Oliveira do Hospital
    Foto: Paulo Coelho, Aldeias do Xisto
  • / Centro Cyclin' Portugal - Aldeias do Xisto de Oliveira do Hospital
    Foto: Paulo Coelho, Aldeias do Xisto
  • / Centro Cyclin' Portugal - Aldeias do Xisto de Oliveira do Hospital
    Foto: Paulo Coelho, Aldeias do Xisto
  • / Centro Cyclin' Portugal - Aldeias do Xisto de Oliveira do Hospital
    Foto: Paulo Coelho, Aldeias do Xisto
  • / Centro Cyclin' Portugal - Aldeias do Xisto de Oliveira do Hospital
    Foto: Paulo Coelho, Aldeias do Xisto
  • / Centro Cyclin' Portugal - Aldeias do Xisto de Oliveira do Hospital
    Foto: Paulo Coelho, Aldeias do Xisto
  • / Ruínas Romanas da Bobadela
    Foto: Paulo Coelho, Aldeias do Xisto
  • / Ruínas Romanas da Bobadela
    Foto: Paulo Coelho, Aldeias do Xisto
  • / Ruínas Romanas da Bobadela
    Foto: Paulo Coelho, Aldeias do Xisto
m 500 450 400 350 300 12 10 8 6 4 2 km
Percurso circular fácil com uma extensão total de 13,5km que se desenvolve por paisagens essencialmente rurais.
fácil
Distância 13,4 km
1:25 h
169 m
167 m
511 m
345 m
Percurso fácil que leva os utilizadores a conhecer as ruínas romanas da Bobadela a partir do quilómetro 4. Aqui, junta-se aos percursos 4 e 6 até Travanca de Lagos, onde se encontra os restantes percursos da região. As paisagens, essencialmente rurais e de floresta de pinheiros bravos e mansos, proporcionam um contacto permanente com a natureza na maior parte do percurso. Os últimos 1500m seguem em direção ao Centro Cyclin’ Portugal pela EN230.

Conselho do autor

Aproveite a visita para subir ao Colcurinho e deslumbre-se com as paisagens que fazem de Aldeia das Dez a “aldeia miradouro”. Conheça a Ponte das Três Entradas, única no país. Atente ao património romano da região. No adro da Capela dos Ferreiros, admire a maior tília do país. Planeie toda a sua estadia em Book in xisto.

Foto do perfil de Aldeias do Xisto
Autor
Aldeias do Xisto
Atualizado: 01.06.2021
Dificuldade
fácil
Esforço
Ponto mais alto
511 m
Ponto mais baixo
345 m

Informação de segurança

- Planeie antecipadamente o seu passeio

- Tenha atenção à possibilidade de cruzamento com veículos motorizados nos caminhos públicos sinalizados

- Respeite a sinalização específica de condicionamento de utilização dos trilhos por razões ambientais ou de manutenção

- Aconselhável uso de GPS

 

Contactos Úteis

- SOS Emergência: 112

- SOS Floresta: 117

- Câmara Municipal de Oliveira do Hospital: (+351) 238 605 250

- Aldeias do Xisto: (+351) 275 037 393 | (+351) 960 101 873

Dicas e sugestões

No concelho de Oliveira do Hospital, pode visitar Aldeia das Dez, cujas paisagens lhe valeram a denominação de “aldeia miradouro”. Construída predominantemente em granito, esta Aldeia do Xisto detém um património construído impressionante, com destaque para a Igreja Matriz, onde a talha dourada denuncia a presença dos muitos entalhadores e douradores que ali residiram. A Casa do “S” é um local que merece também uma visita.

O Monte do Colcurinho é um dos principais pontos de interesse da região. É um local privilegiado e de rara beleza que advém do vastíssimo horizonte que se estende da Estrela ao Caramulo e do Montemuro ao Açor. É, provavelmente, um dos locais de onde melhor e com mais encanto se pode assistir ao nascer e ao pôr-do-sol. No alto do monte está a capela da Nossa Senhora das Necessidades, que faz parte integrante do Santuário de Nossa Senhora das Preces.

Aproveite para visitar as Ruínas Romanas de Bobadela, um dos mais importantes e bem preservados conjuntos arquitetónicos de valor histórico-arqueológico do “período romano” em Portugal, classificado de Monumento Nacional.

Gastronomia: Chanfana, peixes do rio, tigelada, coscorões, cavacas, cabra assada, torresmos, aguardente de medronho, migas, pão de ló, arroz doce.

Início

Parque do Mandanelho - 40º21’46.1“N 7º51’25.9”W (502 m)
Coordenadas:
GD
40.362802, -7.857141
GMS
40°21'46.1"N 7°51'25.7"W
UTM
29T 597036 4468652
w3w 

Destino

Parque do Mandanelho - 40º21’46.1“N 7º51’25.9”W

Nota


Toda a informação sobre áreas protegidas

Coordenadas

GD
40.362802, -7.857141
GMS
40°21'46.1"N 7°51'25.7"W
UTM
29T 597036 4468652
w3w 
Direções de transporte público, carro, a pé ou de bicicleta

Perguntas & Respostas

Faça a primeira pergunta

Aqui pode fazer perguntas ao autor.


Avaliações

Escreva sua primeira avaliação

Partilhe sua opinião com a comunidade.


Fotos da Comunidade


Dificuldade
fácil
Distância
13,4 km
Duração
1:25 h
Desnível acumulado positivo
169 m
Desnível acumulado negativo
167 m
Ponto mais alto
511 m
Ponto mais baixo
345 m

Estatísticas

  • Conteúdo
  • Exibir imagens Ocultar imagens
Funções
2D 3D
Mapas e caminhos
Distância  km
Duração : horas
Desnível acumulado positivo  m
Desnível acumulado negativo  m
Ponto mais alto  m
Ponto mais baixo  m
Mova as setas para alterar o recorte.