Caminhada de grande rota rota recomendada

A Caminho do Tejo: Área de Descanso do Souto > Área de Descanso da Cabeça Gorda [GR33 - GRZ: Etapa 4]

Caminhada de grande rota
Responsável por este conteúdo:
Aldeias do Xisto Parceiro verificado  Escolha dos Exploradores 
  • A Caminho do Tejo: Área de Descanso do Souto > Área de Descanso da Cabeça Gorda [GR33 - GRZ: Etapa 4]
    / A Caminho do Tejo: Área de Descanso do Souto > Área de Descanso da Cabeça Gorda [GR33 - GRZ: Etapa 4]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / A Caminho do Tejo: Área de Descanso do Souto > Área de Descanso da Cabeça Gorda [GR33 - GRZ: Etapa 4]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / A Caminho do Tejo: Área de Descanso do Souto > Área de Descanso da Cabeça Gorda [GR33 - GRZ: Etapa 4]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
m 250 200 150 100 7 6 5 4 3 2 1 km
Este troço, com 7,8km, une as Áreas de Descanso do Souto e da Cabeça Gorda, ambas no concelho de Abrantes.
moderado
Distância 7,7 km
2:05 h
220 m
290 m
Este é um percurso excelente para observar a flora e a avifauna que enriquecem a região. Partindo do Souto, após 700 metros, a GRZ volta a entrar em estrada asfaltada e, após idêntica distância nesta via, chega a Bioucas. Após passagens estreitas entre casas e muros de hortas, deixamos esta povoação. Por entre plantações de pinheiro manso, árvores de fruto, como figueiras e cerejeiras, vinhas e campos de cultivo, ora em estrada ora em caminhos florestais, o percurso passa pelas povoações de Carregal e Carreira do Mato, para aceder à Área de Descanso próxima da Cabeça Gorda.

Conselho do autor

Observe a flora e a avifauna que habitam nesta região.

Reserve a sua estadia, experiência e refeição em Book in Xisto

 

Resultados da Auditoria RESPONSIBLE TRAILS:

(Última auditoria em Julho de 2020)

 

Sinalização > 4 - tem toda a sinalética necessária (pode faltar uma ou mais marcas mas não é necessário GPS)

Conservação dos caminhos > 4 - Em bom estado de conservação geral mas com zonas pontuais de maior atenção

Conservação geral > 4 - Sem zonas de degradação identificadas

Estruturas informativas > 4 - Bem mantidas e com interesse

Estruturas interpretativas > 1 - Inexistentes ou sem o mínimo de qualidade e/ou inúteis

Estruturas de apoio e segurança > 5 - Todas as estruturas recomendáveis bem mantidas

Interação com comunidade > 4 - Estimula a integração/contactos com a comunidade

Integração na paisagem > 4 - Bem integrado na paisagem e com pontos de interesse

Segurança geral > 4 - Apresenta situações pontuais de baixo risco

Foto do perfil de Aldeias do Xisto
Autor
Aldeias do Xisto
Atualizado: 23.07.2021
Dificuldade
moderado
Técnica
Condição
Experiência
Paisagem
Ponto mais alto
275 m
Ponto mais baixo
140 m
Melhor época do ano
jan
fev
mar
abr
mai
jun
jul
ago
set
out
nov
dez

Possibilidade de pausa para descanço

Miradouro das Fontes

Informação de segurança

Atenção ao calor no verão e ao piso escorregadio no inverno. Os níveis de dificuldade e tempos apresentados são apenas indicativos. Foram calculados numa base de esforço físico e não contemplam paragens. Faça a sua estimativa analisando os dados técnicos do troço a percorrer.

 

Mesmo tendo toda a sinalização recomenda-se a utilização de Gps ou App.

 

Contactos Úteis:

SOS Emergência: 112

SOS Floresta: 117

Câmara Municipal de Abrantes: (+351) 241 330 100,

Dicas e sugestões

O Souto situa-se num planalto junto ao rio Zêzere, a 17km de Abrantes. A sua localização estratégica constitui um bom ponto de vigia, pelo que teve uma considerável importância militar, nomeadamente nos planos de resistência às invasões francesas do General Conde de Lippe. Este local é um verdadeiro paraíso natural, envolto por pinhais, com um ecossistema rico, resultante da variada vegetação (pinheiro bravo, eucalipto, medronheiro, urze, oliveiras, entre outras espécies arbóreas) e das excelentes condições de desenvolvimento de espécies piscícolas. A pé é possível apreciar a flora existente e avistar a variadíssima avifauna característica da região, da qual se destacam o raro Noitibó-de-nuca-vermelha, o Açor, a Cegonha-branca, assim como a Águia-pesqueira.

Na Área de Descanso da Cabeça Gorda pode usufruir da zona balnear, um local de recreio e lazer por excelência com potencialidades para a prática da pesca.

Início

Área de Descanso do Souto Lat.: 39° 34' 31.8" N Long.: 8° 14' 33.072" W (273 m)
Coordenadas:
GD
39.575512, -8.242545
GMS
39°34'31.8"N 8°14'33.2"W
UTM
29S 565055 4380918
w3w 
///bombástico.piquetes.encoberto

Destino

Área de Descanso da Cabeça Gorda Lat.: 39° 33' 42.84" N Long.: 8° 16' 6.672" W

Instruções

Partindo do Souto, após 700 metros, a GRZ volta a entrar em estrada asfaltada e, após idêntica distância nesta via, chega a Bioucas. Após passagens estreitas entre casas e muros de hortas, deixamos esta povoação. Por entre plantações de pinheiro manso, árvores de fruto, como figueiras e cerejeiras, vinhas e campos de cultivo, ora em estrada ora em caminhos florestais, o percurso passa pelas povoações de Carregal e Carreira do Mato, para aceder à Área de Descanso próxima da Cabeça Gorda.

Nota


Todas as ocorrências para esta Rota

Coordenadas

GD
39.575512, -8.242545
GMS
39°34'31.8"N 8°14'33.2"W
UTM
29S 565055 4380918
w3w 
///bombástico.piquetes.encoberto
Chegada por comboio, carro, a pé ou bicicleta

Perguntas & Respostas

Faça a primeira pergunta

Aqui você pode fazer perguntas para o autor.


Avaliações

Escreva sua primeira avaliação

Seja o primeiro a avaliar e ajude outros usuários


Fotos da Comunidade


Dificuldade
moderado
Distância
7,7 km
Duração
2:05 h
Elevação
220 m
Declive
290 m
Percurso de etapas

Estatísticas

  • Conteúdo
  • Exibir imagens Ocultar imagens
Funções
2D 3D
Mapas e trilhas
Duração : horas
Distância  km
Elevação  m
Declive  m
Ponto mais alto  m
Ponto mais baixo  m
Mova as setas para alterar o recorte.