Caminhada de grande rota rota recomendada

Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]

Caminhada de grande rota
Responsável por este conteúdo:
Aldeias do Xisto Parceiro verificado  Escolha dos Exploradores 
  • Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Aldeias do Xisto, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Valhelhas > Vale Formoso [GR33 - GRZ: Etapa 1]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Valhelhas > Vale Formoso [GR33 - GRZ: Etapa 1]
    Foto: Aldeias do Xisto, Aldeias do Xisto
  • / Irrigando a Cova da Beira: Vale Formoso > Borralheira [GR33 - GRZ: Etapa 2]
    Foto: Diogo Martins, Aldeias do Xisto
m 500 480 460 440 420 10 8 6 4 2 km
Com cerca de 11,6 km, esta etapa da GRZ parte de Vale Formoso e termina na Borralheira, no concelho da Covilhã.
fácil
Distância 11,6 km
2:35 h
130 m
165 m
Esta etapa da GRZ tem 11,6 km de extensão. Parte de Vale Formoso em direção à Borralheira, atravessando duas estradas de acesso a aldeias da encosta, antes de entrar na Escola Profissional da Quinta da Lageosa. Mantendo a direção, o percurso aproxima-se da localidade de Orjais, ainda antes de atravessar a EN18 e passar para a margem esquerda do rio Zêzere. Deixando novamente o alcatrão e acompanhando o rio ao longo dos pomares, atravessa-o novamente para encontrar o parque de Merendas da Borralheira de Orjais.

Conselho do autor

Em Vale Formoso, suba ao miradouro e aprecie a paisagem natural envolvente e delicie-se com a gastronomia rica e diversificada da Borralheira. 

Reserve a sua estadia, experiência e refeição em Book in Xisto.

 

Sinalização > 3- Falta sinalização em pelo menos um cruzamento que compromete a orientação sem mapa ou GPS

Conservação dos caminhos > 5- Em bom estado de conservação e sem riscos identificados

Conservação geral > 4- Sem zonas de degradação identificadas

Estruturas informativas > 3- Razoavelmente mantidas e com interesse

Estruturas interpretativas > 2- Degradadas e/ou sem relevância

Estruturas de apoio e segurança > 5- Todas as estruturas recomendáveis bem mantidas

Interação com comunidade > 2- Não estimula a interação/contacto com a comunidade

Integração na paisagem > 3- Bem integrado na paisagem mas sem pontos de interesse de relevância

Segurança geral > 5- O meio não esta isento de risco

Foto do perfil de Aldeias do Xisto
Autor
Aldeias do Xisto
Atualizado: 11.08.2020
Dificuldade
fácil
Técnica
Condição
Experiência
Paisagem
Ponto mais alto
501 m
Ponto mais baixo
431 m
Melhor época do ano
jan
fev
mar
abr
mai
jun
jul
ago
set
out
nov
dez

Possibilidade de pausa para descanço

Belmonte Sinai Hotel
Casa Abraão
Casa Miriam

Informação de segurança

Atenção ao calor no verão e ao piso escorregadio no inverno. Os níveis de dificuldade e tempos apresentados são apenas indicativos. Foram calculados numa base de esforço físico e não contemplam paragens. Faça a sua estimativa analisando os dados técnicos do troço a percorrer.

 

Existe mais do que um cruzamento sem sinalização pelo que recomendamos a utilização de GPS ou APP. 

 

Contactos úteis

SOS Emergência: 112

SOS Floresta: 117

Câmara Municipal da Covilhã: (+351) 275 330 600 | info@cm-covilha.pt

Dicas e sugestões

Situado a cerca de 22km da Covilhã, Vale Formoso é uma localidade antiga onde ainda são visíveis vestígios da época romana. A fruticultura, a construção civil, a carpintaria, o artesanato e o pequeno comércio são as principais atividades económicas. Tratando-se de um povo de tradições religiosas e populares, realiza a sua festa anual da aldeia em meados de agosto, em data a fixar em cada ano, em homenagem à sua padroeira Nossa Senhora da Saúde, numa capela no alto do monte. Como património cultural salienta-se a Igreja Matriz, o Forno Comunitário, janelas manuelinas e a Fonte Velha. Possui ainda um local de interesse turístico – o miradouro, de onde se pode apreciar toda a paisagem natural envolvente e as localidades limítrofes.

A Borralheira localiza-se na freguesia do Teixoso, cujo povoamento remonta à época romana, comprovado por alguns vestígios arqueológicos encontrados na zona do Terlamonte. A indústria, a agricultura, a pecuária e o artesanato em tapeçaria e bordados são algumas das principais atividades económicas. A vila possui um património cultural edificado bastante vasto, do qual vale a pena referir a Igreja Matriz e a Capela do Santo Cristo, esta última classificada como imóvel de interesse nacional.

 

A gastronomia é bastante rica e diversificada: o caldo do forno, a panela no forno, o cabrito assado à serrana, as cherovias, as papas de carolo e o arroz doce fazem as delícias dos visitantes e turistas.

Início

Vale Formoso Lat.: 40° 22' 23.88" NLong.: 7° 22' 1.704" W (476 m)
Coordenadas:
GD
40.373319, -7.367195
GMS
40°22'23.9"N 7°22'01.9"W
UTM
29T 638616 4470473
w3w 
///sonhadora.palheta.manhãs

Destino

Borralheira Lat.: 40° 18' 28.44" NLong.: 7° 24' 53.028" W

Instruções

Saindo de Vale Formoso, a GRZ atravessa duas estradas de acesso a aldeias desta encosta antes de entrar na escola profissional da quinta da Lageosa. Mantendo a direção, o percurso aproxima-se da localidade de Orjais ainda antes de atravessar a EN18 e passar para a margem esquerda do rio Zêzere. Deixando novamente o alcatrão e acompanhando o rio ao longo dos pomares, atravessa-o novamente para encontrar o parque de Merendas da Borralheira de Orjais.

Nota


Todas as ocorrências para esta Rota

Coordenadas

GD
40.373319, -7.367195
GMS
40°22'23.9"N 7°22'01.9"W
UTM
29T 638616 4470473
w3w 
///sonhadora.palheta.manhãs
Chegada por comboio, carro, a pé ou bicicleta

Perguntas & Respostas

Faça a primeira pergunta

Aqui você pode fazer perguntas para o autor.


Avaliações

Escreva sua primeira avaliação

Seja o primeiro a avaliar e ajude outros usuários


Fotos da Comunidade


Dificuldade
fácil
Distância
11,6 km
Duração
2:35 h
Elevação
130 m
Declive
165 m
Percurso de etapas

Estatísticas

  • Conteúdo
  • Exibir imagens Ocultar imagens
Funções
2D 3D
Mapas e trilhas
Duração : horas
Distância  km
Elevação  m
Declive  m
Ponto mais alto  m
Ponto mais baixo  m
Mova as setas para alterar o recorte.