Caminhada rota recomendada

PR1 PPS - Caminho do Xisto de Fajão - Subida aos Penedos

Caminhada · Portugal
Responsável por este conteúdo:
Aldeias do Xisto Parceiro verificado  Escolha dos Exploradores 
  • Serra do Açor
    Serra do Açor
    Foto: Aldeias do Xisto, Aldeias do Xisto
m 800 700 600 4,0 3,5 3,0 2,5 2,0 1,5 1,0 0,5 km
Com partida e chegada na Aldeia do Xisto de Fajão, o percurso passa pela Rede Natura da Serra do Açor, onde se encontram as maiores populações de azereiro do país.
moderado
Distância 4,1 km
2:30 h
318 m
318 m
865 m
621 m
O Caminho do Xisto de Fajão - Subida aos Penedos tem partida e chegada no Largo da Igreja da aldeia. Tem uma variante (atalho opcional PR1.1) que permite encurtar a distância a percorrer em cerca de um terço. O percurso faz uma incursão pela área natural classificada de Rede Natura da Serra do Açor. Contorna em balcão uma das encostas do vale cavado do Rio Ceira, subindo depois até ao alto dos Penedos da Penalva de onde se pode apreciar uma paisagem deslumbrante de solo rochoso. A parte final do percurso desce até à Aldeia do Xisto de Fajão que surge alcantilada num recanto da serra.

Conselho do autor

Aprecie as paisagens, as montanhas e a vegetação que envolvem Fajão e passeie pelas ruas desta Aldeia do Xisto.

Reserve o seu alojamento, experiência e refeição em Book in Xisto

Foto do perfil de Catarina Almeida - ADXTUR
Autor
Catarina Almeida - ADXTUR
Atualizado: 06.07.2020
Dificuldade
moderado
Técnica
Esforço
Ponto mais alto
865 m
Ponto mais baixo
621 m
Melhor época do ano
jan
fev
mar
abr
mai
jun
jul
ago
set
out
nov
dez

Tipos de caminhos

Mostrar perfil de elevação

Para descansar

Aldeia do Xisto de Fajão
Casas do Rio

Informação de segurança

O estado do percurso muda com as condições meteorológicas, por isso, no inverno e em dias de chuva, tenha especial atenção ao piso escorregadio. No verão, as temperaturas podem subir consideravelmente, por isso use sempre chapéu e leve água.

Contatos úteis

SOS Emergência: 112

SOS Floresta: 117

GNR de Pampilhosa da Serra: (+351) 235 590 100

ADXTUR- Rede Aldeias do Xisto: (+351) 275 037 393 | (+351) 960 101 873

Dicas e sugestões

O Complexo da Serra do Açor é um Sítio da Rede Natura e alberga as maiores populações de azereiro do país, sendo a da Mata da Margaraça a mais importante. Esta espécie é uma relíquia que ainda perdura na floresta desde a época do Terciário, a qual seria semelhante à floresta de Laurissilva que podemos ainda hoje encontrar na ilha da Madeira e que deve o seu nome à predominância de espécies com folha perene semelhante à do loureiro e do azereiro. Em Fajão o azereiro encontra-se associado a um coberto vegetal abundante em azinheiras e sobreiros, além das espécies arbóreas típicas: carvalhos e castanheiros, constituindo uma associação florestal extremamente rara. Rodeada de montanhas, a Aldeia do Xisto de Fajão encontra-se estrategicamente situada na ligação entre a Beira Baixa e as outras Beiras, pelo que é fácil perceber como se tornou num centro de passagem obrigatório para almocreves e outros visitantes que por ali faziam negócio e pernoitavam. Aldeia de grandes tradições, tem na sua essência o xisto com que são construídas a maior parte das suas habitações. No centro do aglomerado é possível apreciar a máxima expressão desta matéria prima, visível no casario, no pavimento das ruelas, nos edifícios da antiga Casa da Câmara, na Cadeia e no Museu Monsenhor Nunes Pereira.

 

Gastronomia:

-Mel

-Chanfana

-Javali

-Cabrito

-Tigelada

-Arroz Doce

Início

Largo da Igreja do Fajão GPS - 40º 8' 57'' N 7º 55' 24'' W (723 m)
Coordenadas:
GD
40.149097, -7.923223
GMS
40°08'56.7"N 7°55'23.6"W
UTM
29T 591714 4444861
w3w 
///culpa.relatou.coordenava
Mostrar no mapa

Destino

Largo da Igreja do Fajão GPS - 40º 8' 57'' N 7º 55' 24'' W

Itinerário

O Caminho do Xisto de Fajão - Subida aos Penedos tem como ponto de partida e chegada o Largo da Igreja de Fajão. Começando no sentido anti-horário, seguimos pela rua principal e deixamos a aldeia descendo em direção ao vale do Ceira, por caminhos estreitos e rodeados por pinheiros. Entramos então na antiga calçada, saindo pouco depois à esquerda para percorrer em balcão a encosta escarpada sobre o vale, que permite uma vista panorâmica deslumbrante sobre o rio Ceira. O segundo terço deste percurso é marcado pela subida, que evolui nesta escarpa por um caminho estreito entre grandes blocos de quartzito. A meio da subida podemos encontrar a Igreja ou Capela dos Mouros, que é no fundo uma gruta escavada na escarpa, um pouco desviada do percurso, e cujo nome atribuído pela população local nos lembra a passagem deste povo por estes territórios. Este setor de subida mais pronunciada termina no Alto do Carvalhinho, onde entroncamos novamente com a variante PR 1.1. Em frente, a subida continua de forma mais gradual por um carreiro de aproximação aos Penedos de Penalva (ponto mais alto do percurso), de onde se obtém uma bela vista sobre a Serra do Açor e a Aldeia do Xisto de Fajão que surge alcantilada na encosta. O percurso continua com nova descida terminando no Largo da Igreja, após atravessar as ruelas da aldeia. VARIANTE PR 1.1 PSR _ Este percurso alternativo desvia-se do principal logo após sair da aldeia, e volta a encontrá-lo no Alto do Carvalhinho, de forma mais direta, evitando os declives mais íngremes. Percorre um caminho estreito que sobe gradualmente próximo dos socalcos das antigas vinhas que cobriam estas encostas no passado.

Nota


Toda a informação sobre áreas protegidas

Coordenadas

GD
40.149097, -7.923223
GMS
40°08'56.7"N 7°55'23.6"W
UTM
29T 591714 4444861
w3w 
///culpa.relatou.coordenava
Mostrar no mapa
Direções de transporte público, carro, a pé ou de bicicleta

Perguntas & Respostas

Faça a primeira pergunta

Aqui pode fazer perguntas ao autor.


Avaliações

Escreva sua primeira avaliação

Partilhe sua opinião com a comunidade.


Fotos da Comunidade


Dificuldade
moderado
Distância
4,1 km
Duração
2:30 h
Desnível acumulado positivo
318 m
Desnível acumulado negativo
318 m
Ponto mais alto
865 m
Ponto mais baixo
621 m

Estatísticas

  • Conteúdo
  • Exibir imagens Ocultar imagens
Funções
2D 3D
Mapas e caminhos
  • 8 Pontos de interesse
  • 8 Pontos de interesse
Distância  km
Duração : horas
Desnível acumulado positivo  m
Desnível acumulado negativo  m
Ponto mais alto  m
Ponto mais baixo  m
Mova as setas para alterar o recorte.