Caminhada rota recomendada

PR3 OHP - Caminho do Xisto da Aldeia das Dez Nos Passos do Ermitão

Caminhada · Portugal
Responsável por este conteúdo:
Aldeias do Xisto Parceiro verificado  Escolha dos Exploradores 
  • Foto: Rafael Romano, Aldeias do Xisto
m 500 400 300 200 8 6 4 2 km Casa do S Casa da Eira de Cima João Brandão Quinta da Moenda Aqua Village Health Resort & SPA Praia Fluvial de Avô
 O Caminho do Xisto da Aldeia das Dez - Nos Passos do Ermitão passa por Aldeia das Dez, São Sebastião da Feira e Santa Ovaia e por locais que o fazem recuar no tempo.
fácil
Distância 9,7 km
2:50 h
331 m
331 m
470 m
235 m
O Caminho do Xisto da Aldeia das Dez - Nos Passos do Ermitão tem início no Largo Alfredo Duarte em Aldeia das Dez. Passamos na antiga calçada Romana e por campos de cultivo que nos levam a recuar no tempo. Seguimos em direção à Ponte das Três Entradas, passando em zonas deslumbrantes, onde o castanheiro predomina. Passamos a ponte, única em Portugal. Seguimos em direção a São Sebastião da Feira por um trilho espetacular junto à margem do rio Alva. Voltamos pelo mesmo caminho até à Ponte das Três Entradas e daí pela estrada asfaltada até apanhar um trilho para Aldeia das Dez.

Conselho do autor

Suba ao Colcurinho e deslumbre-se com as paisagens que fazem de Aldeia das Dez a “aldeia miradouro”. Conheça a Ponte das Três Entradas, única no país.

Reserve o seu alojamento, experiência e refeição em Book in Xisto

 

Resultados da Auditoria RESPONSIBLE TRAILS:

(Última auditoria realizada pelo Município de Oliveira do Hospital em Janeiro de 2021)

 

Sinalização > 5 - Tem toda a sinalética necessária em bom estado e em completo respeito do regulamento respectivo

Conservação dos caminhos > 5 - Em bom estado de conservação e sem riscos identificados

Conservação geral > 5 - Perfeitamente conservado

Estruturas informativas > 5 - Muito bem mantidas e com qualidade superior

Estruturas interpretativas > 5 - Muito bem mantidas e com qualidade superior

Estruturas de apoio e segurança > 5 - Todas as estruturas recomendáveis bem mantidas

Interação com comunidade > 5 - Forte ligação à comunidade onde se insere e estimulo da interação

Integração na paisagem > 5 - Perfeitamente integrado na paisagem, explorando pontos de interesse relevantes

Segurança geral > 5 - O meio não esta isento de risco

Foto do perfil de Aldeias do Xisto
Autor
Aldeias do Xisto
Atualizado: 23.07.2021
Dificuldade
fácil
Técnica
Esforço
Experiência global
Paisagem
Ponto mais alto
470 m
Ponto mais baixo
235 m
Melhor época do ano
jan
fev
mar
abr
mai
jun
jul
ago
set
out
nov
dez

Tipos de caminhos

Mostrar perfil de elevação

Para descansar

Igreja Matriz de Aldeia das Dez - S. Bartolomeu
Aldeia do Xisto de Aldeia das Dez
Hotel Rural Quinta da Geia
Aqua Village Health Resort & SPA
Igreja Matriz de Aldeia das Dez
Praia Fluvial de Pomares
Praia Fluvial de Alvoco das Várzeas
Praia Fluvial de Avô
João Brandão
Quinta da Moenda
Casa da Eira de Cima

Informação de segurança

O estado do percurso muda com as condições meteorológicas, por isso, no inverno e em dias de chuva, tenha especial atenção ao piso escorregadio. No verão, as temperaturas podem subir consideravelmente, por isso use sempre chapéu e leve água.

 

Contatos úteis

SOS Emergência: 112

SOS Floresta: 117

GNR: (+351) 238 604 444

Município de Oliveira do Hospital: (+351) 238 605 250 | geral@cm-oliveiradohospital.pt  

 

Dicas e sugestões

O Caminho do Xisto da Aldeia das Dez - Nos Passos do Ermitão passa por Aldeia das Dez, São Sebastião da Feira e Santa Ovaia, três freguesias do concelho de Oliveira do Hospital. As paisagens que se vislumbram a partir de Aldeia das Dez valeram-lhe a denominação de “aldeia miradouro”. Construída predominantemente em granito, esta Aldeia do Xisto detém um património construído impressionante, com destaque para a Igreja Matriz, onde a talha dourada denuncia a presença dos muitos entalhadores e douradores que ali residiram. A Casa do “S” é um local que merece também uma visita. São Sebastião da Feira está situada na margem do rio Alva que dentro dos seus limites apresenta um leito caprichoso em forma de “S” invertido, conhecido na região como Volta do Castelo, que é, aliás, um dos locais mais belos da região. O Monte do Colcurinho é também um dos principais pontos de interesse da região. É um local privilegiado e de rara beleza que advém do vastíssimo horizonte que se estende da Estrela ao Caramulo e do Montemuro ao Açor. É, provavelmente, um dos locais de onde melhor e com mais encanto se pode assistir ao nascer e ao pôr-do-sol. No alto do monte está a capela da Nossa Senhora das Necessidades, que faz parte integrante do Santuário de Nossa Senhora das Preces.

Gastronomia

- Chanfana

- Peixes do rio

- Tigelada

- Coscorões

- Cavacas

- Cabra Assada

- Torresmos

- Aguardente de Medronho

- Migas

- Pão de Ló

- Arroz Doce

Início

Largo da Rua dos Entalhadores, Aldeia das Dez, Oliveira do Hospital 40º17.720´N 007º51.957´W (453 m)
Coordenadas:
GD
40.295341, -7.865977
GMS
40°17'43.2"N 7°51'57.5"W
UTM
29T 596382 4461155
w3w 
///governado.apagões.continuem
Mostrar no mapa

Destino

Largo da Rua dos Entalhadores, Aldeia das Dez, Oliveira do Hospital 40º17.720´N 007º51.957´W

Itinerário

O Caminho do Xisto da Aldeia das Dez - Nos Passos do Ermitão tem início no Largo Alfredo Duarte em Aldeia das Dez. A saída da aldeia é comum ao PR2 - Rota Imperial. Passamos na antiga calçada Romana e por campos de cultivo que nos levam a recuar no tempo. No cruzamento seguimos pela direita em direção à Ponte das Três Entradas, passando em zonas espetaculares onde o castanheiro, que é abundante na região, predomina. Chegamos à estrada alcatroada e seguimos para a esquerda em direção à Ponte das Três Entradas. Passamos por cima de uma ponte única em Portugal, pois tem três entradas que ligam as três freguesias mais próximas - Santa Ovaia, São Sebastião da Feira e Aldeia das Dez - e une ainda dois rios: o rio Alva e o rio Alvôco. Logo a seguir à ponte, viramos para a direita em direção a São Sebastião da Feira por um trilho espetacular que segue sempre na margem do rio Alva. Chegamos a uma zona onde podemos admirar o Rio Alva e a roda de água existente no local. Voltamos pelo mesmo caminho em direção à Ponte das Três Entradas, passamos novamente a ponte, seguimos a estrada de alcatrão para a Aldeia das Dez e viramos à direita seguindo por um trilho antigo. O castanheiro é muito abundante e enriquece o terreno proporcionando uma paisagem deslumbrante. No cruzamento de caminhos continuamos em frente e apanhamos a estrada de calçada que nos leva de regressa a Aldeia das Dez.

Nota


Toda a informação sobre áreas protegidas

Coordenadas

GD
40.295341, -7.865977
GMS
40°17'43.2"N 7°51'57.5"W
UTM
29T 596382 4461155
w3w 
///governado.apagões.continuem
Mostrar no mapa
Direções de transporte público, carro, a pé ou de bicicleta

Perguntas & Respostas

Faça a primeira pergunta

Aqui pode fazer perguntas ao autor.


Avaliações

Escreva sua primeira avaliação

Partilhe sua opinião com a comunidade.


Fotos da Comunidade


Dificuldade
fácil
Distância
9,7 km
Duração
2:50 h
Desnível acumulado positivo
331 m
Desnível acumulado negativo
331 m
Ponto mais alto
470 m
Ponto mais baixo
235 m

Estatísticas

  • Conteúdo
  • Exibir imagens Ocultar imagens
Funções
2D 3D
Mapas e caminhos
  • 22 Pontos de interesse
  • 22 Pontos de interesse
Distância  km
Duração : horas
Desnível acumulado positivo  m
Desnível acumulado negativo  m
Ponto mais alto  m
Ponto mais baixo  m
Mova as setas para alterar o recorte.