Caminhada rota recomendada

PR4 PPS - Caminho do Xisto de Janeiro de Baixo

Caminhada · Portugal
Responsável por este conteúdo:
Aldeias do Xisto Parceiro verificado  Escolha dos Exploradores 
  • Foto: Rafael Romano, Aldeias do Xisto
m 600 500 400 300 8 6 4 2 km
O Caminho do Xisto de Janeiro de Baixo inicia-se junto à Praia Fluvial desta aldeia. Passa pelo Antro dos Penedos e por trilhos onde há vestígios dos antigos carros de bois.
moderado
Distância 9,4 km
3:15 h
422 m
422 m
789 m
607 m
O Caminho do Xisto de Janeiro de Baixo inicia-se junto ao café da Praia Fluvial de Janeiro de Baixo e segue em direção à garganta quartzítica que parece estrangular o Rio Zêzere. Conhecida por Antro dos Penedos, é um dos pontos mais espetaculares de todo o percurso. Aqui, segue-se para a Serra de Janeiro num caminho a meia encosta com uma vista espetacular sobre a Aldeia do Xisto de Janeiro de Baixo e sobre as curvas que o Rio Zêzere faz nesta zona. Ao descer, passa-se por trilhos antigos onde ainda são visíveis as marcas deixadas pelos carros de bois. Segue-se agora um trilho antigo junto ao Zêzere que levar à aldeia.

Conselho do autor

O Antro dos Penedos, garganta quartzítica que parece estrangular o Rio Zêzere, é um dos pontos mais espetaculares do percurso.

Reserve o seu alojamento, experiência e refeição em Book in Xisto

Foto do perfil de Catarina Almeida - ADXTUR
Autor
Catarina Almeida - ADXTUR
Atualizado: 18.02.2020
Dificuldade
moderado
Técnica
Esforço
Ponto mais alto
789 m
Ponto mais baixo
607 m
Melhor época do ano
jan
fev
mar
abr
mai
jun
jul
ago
set
out
nov
dez

Tipos de caminhos

Mostrar perfil de elevação

Informação de segurança

O estado do percurso muda com as condições meteorológicas, por isso, no inverno e em dias de chuva, tenha especial atenção ao piso escorregadio. No verão, as temperaturas podem subir consideravelmente, por isso use sempre chapéu e leve água.

Contatos úteis

SOS Emergência: 112

SOS Floresta: 117

GNR de Pampilhosa da Serra: (+351) 235 590 100

ADXTUR- Rede Aldeias do Xisto: (+351) 275 037 393 | (+351) 960 101 873

Dicas e sugestões

O Complexo da Serra do Açor é um Sítio da Rede Natura e alberga as maiores populações de azereiro do país, sendo a da Mata da Margaraça a mais importante. Esta espécie é uma relíquia que ainda perdura na floresta desde a época do Terciário, a qual seria semelhante à floresta de Laurissilva que podemos ainda hoje encontrar na ilha da Madeira e que deve o seu nome à predominância de espécies com folha perene semelhante à do loureiro e do azereiro. Em Fajão o azereiro encontra-se associado a um coberto vegetal abundante em azinheiras e sobreiros, além das espécies arbóreas típicas: carvalhos e castanheiros, constituindo uma associação florestal extremamente rara. A Aldeia do Xisto de Janeiro de Baixo foi edificada na margem direita do rio Zêzere, o que lhe confere uma situação de grande beleza e alguma nostalgia. A aldeia está rodeada por um conjunto harmonioso de serras, penedos e vales, albufeiras, rios e ribeiras que apetece explorar. No núcleo central da aldeia surge à vista a torre branca da igreja matriz, balizando todo o casario tradicional.

 

Gastronomia

- Maranho

- Chanfana

- Cabrito

- Tigelada

- Arroz Doce

Início

O percurso principal PR4 PPS parte e chega ao café situado junto à Praia Fluvial de Janeiro de Baixo A variante (PR4.1 PPS) diverge do PR4 PPS à entrada de Janeiro de Baixo, junto ao cruzamento da estrada que vai para a Pampilhosa da Serra e encontra-se novamente com o PR4 PPS a meio da Serra de Janeiro. (323 m)
Coordenadas:
GD
40.045919, -7.803804
GMS
40°02'45.3"N 7°48'13.7"W
UTM
29T 602039 4433539
w3w 
///vovozinho.pedreiras.aspirado
Mostrar no mapa

Destino

O percurso principal PR4 PPS parte e chega ao café situado junto à Praia Fluvial de Janeiro de Baixo A variante (PR4.1 PPS) diverge do PR4 PPS à entrada de Janeiro de Baixo, junto ao cruzamento da estrada que vai para a Pampilhosa da Serra e encontra-se novamente com o PR4 PPS a meio da Serra de Janeiro.

Itinerário

Este Caminho do Xisto inicia-se junto ao café da Praia Fluvial de Janeiro de Baixo e segue em direção à aldeia. Antes de entrar no centro, viramos à esquerda e seguimos pelo antigo trilho que unia Janeiro de Baixo a Admoço, seguindo em direção à garganta quartzítica que parece estrangular o Rio Zêzere. Conhecida por Antro dos Penedos, é um dos pontos mais espetaculares de todo o percurso. Chegamos agora à estrada que une Janeiro de Baixo a Admoço e seguimos em direção a Janeiro de Baixo até subirmos para a Serra de Janeiro por um pequeno trilho que nos leva por um caminho a meia encosta. Daqui, e no meio de medronheiros, temos uma vista espetacular sobre Janeiro de Baixo e sobre as curvas que o Rio Zêzere faz ao contornar a aldeia. Um pouco mais à frente cruzamo-nos com a variante PR 4.1 PPS, que vem de Janeiro de Baixo e que passa pela Capela da Senhora da Póvoa. Continuamos e começamos a descer até alcançarmos a estrada que vem da Pampilhosa da Serra. Depois de passar a estrada, encontramos um trilho antigo onde ainda são visíveis as marcas deixadas pelos antigos carros de bois e que nos vai levar à estrada que vem de Janeiro de Cima. Depois de passar a estrada, encontramos um trilho antigo que segue mesmo junto ao rio e que nos leva até à aldeia. Aqui não podemos deixar de visitar o moinho incrustado na pedra que fica junto à igreja matriz. O percurso está quase a terminar, só nos falta seguir um trilho junto ao rio que nos leva ao parque de campismo e depois de volta ao café da praia fluvial.

Nota


Toda a informação sobre áreas protegidas

Coordenadas

GD
40.045919, -7.803804
GMS
40°02'45.3"N 7°48'13.7"W
UTM
29T 602039 4433539
w3w 
///vovozinho.pedreiras.aspirado
Mostrar no mapa
Direções de transporte público, carro, a pé ou de bicicleta

Perguntas & Respostas

Faça a primeira pergunta

Aqui pode fazer perguntas ao autor.


Avaliações

Escreva sua primeira avaliação

Partilhe sua opinião com a comunidade.


Fotos da Comunidade


Dificuldade
moderado
Distância
9,4 km
Duração
3:15 h
Desnível acumulado positivo
422 m
Desnível acumulado negativo
422 m
Ponto mais alto
789 m
Ponto mais baixo
607 m

Estatísticas

  • Conteúdo
  • Exibir imagens Ocultar imagens
Funções
2D 3D
Mapas e caminhos
  • 4 Pontos de interesse
  • 4 Pontos de interesse
Distância  km
Duração : horas
Desnível acumulado positivo  m
Desnível acumulado negativo  m
Ponto mais alto  m
Ponto mais baixo  m
Mova as setas para alterar o recorte.