Caminhada rota recomendada

PR6 PPS Caminho do Xisto Porto de Vacas Troço Mágico da GR Zêzere

Caminhada · Portugal
Responsável por este conteúdo:
Aldeias do Xisto Parceiro verificado  Escolha dos Exploradores 
  • Foto: Rafael Romano, Aldeias do Xisto
m 400 350 300 6 5 4 3 2 1 km
O percurso inicia no Largo das Festas e avança para a conquista dos íngremes Barrocos do Vale Fragoso, do Vale dos Pássaros e do Vale da Casa.
fácil
Distância 7 km
2:07 h
144 m
144 m
449 m
325 m
O Caminho do Xisto de Porto de Vacas - Um Troço Mágico da GR Zêzere inicia no Largo das Festas e avança para a conquista dos íngremes Barrocos do Vale Fragoso, do Vale dos Pássaros e do Vale da Casa. Lá no alto, atingimos o Miradouro da Malhada: em baixo a aldeia rodeada pelo rio com os seus açudes abundantes; ao fundo, o céu é moldado pelas cristas quartzíticas. Mais à frente, surge o antigo Campo da Bola. Outro local ímpar é o Vale de Muro, onde podemos desfrutar do engenho do homem na árdua conquista de terrenos cultiváveis aos barrocos mais xistosos. Chegados à Ereira reencontramos o Zêzere. Na sua Portela, a caminho do aguilhão, descobrimos uma curva com vista ao rio. Seguimos silenciosamente ao lado do rio, ouvimos as muitas aves que aqui habitam, até ao açude da Mini-Hídrica. Passada a Malhada Esteveira e a Tapada, chegamos a um dos pontos de maior orgulho da aldeia – a Ponte construída pelos braços de todos. A antiga Escola Primária e o Forno Comunitário culminam o Caminho.

Conselho do autor

Admire as paisagens proporcionadas pelo rio Zêzere e sinta o orgulho da população pela Ponte construída pelos braços de todos.

Reserve o seu alojamento, experiência e refeição em Book in Xisto

Foto do perfil de Catarina Almeida - ADXTUR
Autor
Catarina Almeida - ADXTUR
Atualizado: 18.02.2020
Dificuldade
fácil
Técnica
Esforço
Ponto mais alto
449 m
Ponto mais baixo
325 m
Melhor época do ano
jan
fev
mar
abr
mai
jun
jul
ago
set
out
nov
dez

Tipos de caminhos

Mostrar perfil de elevação

Informação de segurança

O estado do percurso muda com as condições meteorológicas, por isso, no inverno e em dias de chuva, tenha especial atenção ao piso escorregadio. No verão, as temperaturas podem subir consideravelmente, por isso use sempre chapéu e leve água.

Contatos úteis

SOS Emergência: 112

SOS Floresta: 117

GNR de Pampilhosa da Serra: (+351) 235 590 100

ADXTUR- Rede Aldeias do Xisto: (+351) 275 037 393 | (+351) 960 101 873

Dicas e sugestões

Ao longo dos 7km do Caminho do Xisto de Porto de Vacas ficamos a conhecer o melhor que as paisagens do Rio Zêzere, do Complexo da Serra do Açor e das florestas da zona do pinhal oferecem. Extraordinárias são as vistas panorâmicas sobre os mais importantes afloramentos quartzíticos da região, da Santa Luzia que formaliza a barragem, o Penedo Mosqueiro e o Penedo Barroco, Património Geológico Mundial. Ao longo do percurso temos uma fauna e flora natural típica desta zona. As estações do ano estão bem marcadas para desfrute da vista do caminhante, mas são sobretudo os ritmos e meandros do Rio, os sons das garças e outras aves que por ali habitam, um ou outro veado que nos pode surpreender nas encostas do Canal, as grandes atracões para um qualquer amante da natureza. Digno de realce é também a vertente rural da paisagem, o Vale de Muro, lugar único de socalcos em xisto, os açudes e as antigas azenhas. Toda a vida da aldeia de Porto de Vacas gira em torno do rio Zêzere. São disso representativos o antigo açude que culmina nas velhas ruínas das azenhas, a nova mini-hídrica com o seu açude e a ponte que a Revolução de Abril veio trazer como principal infraestrutura de ligação entre as margens do Zêzere. Mas é sem dúvida a memória da barca pública, que aqui transportava pessoas e animais, aquilo que dá maior identidade à comunidade. Realce-se o enorme mural evocativo no largo das festas, ponto de partida para o nosso percurso. A aldeia, muito hospitaleira, tem fortes tradições comunitárias ainda hoje muito vividas pelo povo, sobretudo na Festa em Honra de N. Sra. dos Aflitos, no segundo fim de semana de agosto, e no tradicional Ano Novo, onde ainda se cantam as Janeiras e se pode deliciar com uma maravilhosa couvada comunitária. De destacar como elementos patrimoniais dessa ruralidade partilhada o antigo forno de xisto, a capela de S. Miguel, a Casa de Convívio e a antiga escola primária.

 

Gastronomia

- Maranho

- Chanfana

- Peixes do Rio

- Arroz Doce

- Tigelada

- Bolo de Azeite

- Filhoses

Início

Largo das Festas 40º05.004'N 007º47.114'W (370 m)
Coordenadas:
GD
40.082899, -7.785583
GMS
40°04'58.4"N 7°47'08.1"W
UTM
29T 603538 4437664
w3w 
///galopes.faixa.custeando
Mostrar no mapa

Destino

Largo das Festas 40º05.004'N 007º47.114'W

Itinerário

O Caminho do Xisto de Porto de Vacas - Um Troço Mágico da Grande Rota do Zêzere tem início no Largo das Festas, junto ao grande mural representativo da paisagem que o rio marca nas gentes e terras da aldeia, e avança para a conquista dos íngremes barrocos do Vale Fragoso, Vale dos Pássaros e Vale da Casa. Lá bem no alto, atingimos o Miradouro da Malhada, um dos pontos panorâmicos mais deslumbrantes desta região: em baixo a aldeia rodeada pelo rio com os seus açudes abundantes e, ao fundo, o céu é moldado pelas cristas quartzíticas, património geológico mundial. Mais à frente, no sítio da Cruz das Silgueirinhas, no meio do pinhal, surge o antigo Campo da Bola, único descampado no meio de uma floresta verdejante. Outro local ímpar e de paragem obrigatória é o sítio do Vale de Muro, onde podemos desfrutar do engenho do homem na árdua conquista de terrenos cultiváveis aos barrocos mais xistosos. Chegados à Ereira, todos os caminhos se cruzam com o Zêzere. Na sua Portela, a caminho do aguilhão, podemos reconhecer uma das curvas circundantes mais conhecidas do rio mais oscilante de Portugal. Seguimos silenciosamente de braço dado com o rio. O açude da Mini-Hídrica traz a força aos extremos que o caudal do Zêzere impõe. Nas margens do rio vários campos cultivados adivinham o aproximar da aldeia. Passada a Malhada Esteveira e a Tapada, chegamos a um dos pontos de maior orgulho da aldeia – a Ponte construída pelos braços de todos após a Revolução de Abril. A antiga Escola Primária e o Forno Comunitário culminam o Caminho do Xisto de Porto de Vacas.

Nota


Toda a informação sobre áreas protegidas

Coordenadas

GD
40.082899, -7.785583
GMS
40°04'58.4"N 7°47'08.1"W
UTM
29T 603538 4437664
w3w 
///galopes.faixa.custeando
Mostrar no mapa
Direções de transporte público, carro, a pé ou de bicicleta

Perguntas & Respostas

Faça a primeira pergunta

Aqui pode fazer perguntas ao autor.


Avaliações

Escreva sua primeira avaliação

Partilhe sua opinião com a comunidade.


Fotos da Comunidade


Dificuldade
fácil
Distância
7 km
Duração
2:07 h
Desnível acumulado positivo
144 m
Desnível acumulado negativo
144 m
Ponto mais alto
449 m
Ponto mais baixo
325 m

Estatísticas

  • Conteúdo
  • Exibir imagens Ocultar imagens
Funções
2D 3D
Mapas e caminhos
  • 4 Pontos de interesse
  • 4 Pontos de interesse
Distância  km
Duração : horas
Desnível acumulado positivo  m
Desnível acumulado negativo  m
Ponto mais alto  m
Ponto mais baixo  m
Mova as setas para alterar o recorte.