Caminhada rota recomendada

PR7 LSA - Caminho do Xisto da Lousã - À Descoberta da Floresta

Caminhada · Lousã
Responsável por este conteúdo:
Aldeias do Xisto Parceiro verificado  Escolha dos Exploradores 
  • Terreiro das Bruxas
    Terreiro das Bruxas
    Foto: Aldeias do Xisto, Aldeias do Xisto
m 780 760 740 720 700 680 660 640 4,0 3,5 3,0 2,5 2,0 1,5 1,0 0,5 km
O primeiro ponto de referência do percurso À Descoberta da Floresta é o Terreiro das Bruxas. Ao longo do caminho, vai contactar com uma flora rica e diversa.
moderado
Distância 4,3 km
2:30 h
150 m
150 m
750 m
600 m
O primeiro ponto de referência do Caminho do Xisto da Lousã - À Descoberta da Floresta é o Terreiro das Bruxas. Continua-se o caminho florestal, em sentido ascendente, e, na primeira bifurcação, vira-se à esquerda subindo até se alcançar a bifurcação seguinte, onde se corta à direita. A parte final deste primeiro troço é dominada por um povoamento de pinheiro bravo, que culmina no estradão. Segue-se à esquerda até à bifurcação seguinte, onde se vira à esquerda até se chegar ao tanque do Cabril. Cerca de 500m depois, atinge-se novamente o aceiro inicial, por onde passa a linha de postes de média tensão, a qual se acompanha ao longo de uma descida de 700m, de regresso ao Terreiro das Bruxas.

Conselho do autor

Fique atento às espécies animais e vegetais que povoam a Serra da Lousã, deslumbre-se com as paisagens e saboreie a rica gastronomia da região.

Reserve o seu alojamento, experiência e refeição em Book in Xisto

Foto do perfil de Aldeias do Xisto
Autor
Aldeias do Xisto
Atualizado: 29.09.2020
Dificuldade
moderado
Técnica
Esforço
Experiência global
Paisagem
Ponto mais alto
750 m
Ponto mais baixo
600 m
Melhor época do ano
jan
fev
mar
abr
mai
jun
jul
ago
set
out
nov
dez

Tipos de caminhos

Mostrar perfil de elevação

Informação de segurança

O estado do percurso muda com as condições meteorológicas, por isso, no inverno e em dias de chuva, tenha especial atenção ao piso escorregadio. No verão, as temperaturas podem subir consideravelmente, por isso use sempre chapéu e leve água.

Contatos úteis

SOS Emergência: 112

SOS Floresta: 117

GNR Lousã: (+351) 239 990 060

ADXTUR- Rede Aldeias do Xisto: (+351) 275 037 393 | (+351) 960 101 873

Dicas e sugestões

Na Serra da Lousã, podemos encontrar uma vasta e diversificada flora e fauna. Os castanheiros centenários estão presentes por quase todo o percurso. Junto às aldeias, encontramos carvalhos, sobreiros e pinheiro bravo. As linhas de água, que em tempos eram aproveitadas para regar as hortas cultivadas pelos habitantes serranos, têm vindo a ser preservadas e ainda hoje servem para matar a sede dos animais selvagens. Essas mesmas linhas de água, muitas delas centenárias, acabam por dar vida e movimento às deslumbrantes paisagens envolventes. Os veados, corços e javalis são também muito frequentes. Na Serra da Lousã pode ainda encontrar várias Aldeias do Xisto, onde a construção das casas é maioritariamente em xisto, a matéria-prima mais abundante na serra, a par com a madeira. Apesar da fraca densidade populacional, as Aldeias do Xisto são um local de forte atratividade turística. Além da passagem pelos trilhos, pode ainda visitar algumas lojas de comércio tradicional e, assim, conhecer os produtos locais.

Gastronomia

- Chanfana

- Cabrito Assado

- Javali

- Tigelada

- Licor Beirão

Início

Terreiro das Bruxas (714 m)
Coordenadas:
GD
40.078298, -8.255017
GMS
40°04'41.9"N 8°15'18.1"W
UTM
29T 563519 4436713
w3w 
///braço.endereçar.glicose
Mostrar no mapa

Destino

Terreiro das Bruxas

Itinerário

O primeiro ponto de referência do Caminho do Xisto da Lousã - À Descoberta da Floresta é o Terreiro das Bruxas, um parque de merendas rodeado por um misto de árvores resinosas e folhosas. Segue-se o caminho florestal, em sentido ascendente, e, na primeira bifurcação, vira-se à esquerda subindo até se alcançar a bifurcação seguinte, onde se corta à direita. Aqui o coberto vegetal deve-se a uma reflorestação realizada pelos Serviços Florestais, podendo encontrar-se camaecíparis, cedros, abetos e pinheiro-silvestre. No que diz respeito a folhosas, encontram-se carvalho-alvarinho, castanheiro, carvalho-americano, aveleira, bétulas e freixos. A parte final deste primeiro troço é dominada por um povoamento de pinheiro-bravo, que culmina no estradão. Segue-se à esquerda até à bifurcação seguinte, onde se vira à esquerda até se chegar ao tanque do Cabril. Uma abertura no povoamento permitirá um panorama magnífico sobre o vale da ribeira e sobre o povoamento florestal. Cerca de 500m depois, atinge-se novamente o aceiro inicial, por onde passa a linha de postes de média tensão, a qual se acompanha ao longo de uma descida de 700m de regresso ao Terreiro das Bruxas.

Nota


Toda a informação sobre áreas protegidas

Coordenadas

GD
40.078298, -8.255017
GMS
40°04'41.9"N 8°15'18.1"W
UTM
29T 563519 4436713
w3w 
///braço.endereçar.glicose
Mostrar no mapa
Direções de transporte público, carro, a pé ou de bicicleta

Perguntas & Respostas

Faça a primeira pergunta

Aqui pode fazer perguntas ao autor.


Avaliações

Escreva sua primeira avaliação

Partilhe sua opinião com a comunidade.


Fotos da Comunidade


Dificuldade
moderado
Distância
4,3 km
Duração
2:30 h
Desnível acumulado positivo
150 m
Desnível acumulado negativo
150 m
Ponto mais alto
750 m
Ponto mais baixo
600 m
Circular Panorâmico Abastecimento disponível

Estatísticas

  • Conteúdo
  • Exibir imagens Ocultar imagens
Funções
2D 3D
Mapas e caminhos
  • 1 Pontos de interesse
  • 1 Pontos de interesse
Distância  km
Duração : horas
Desnível acumulado positivo  m
Desnível acumulado negativo  m
Ponto mais alto  m
Ponto mais baixo  m
Mova as setas para alterar o recorte.